Benefícios da rúcula para a saúde

Esse vegetal é um verdadeiro combinado de benefícios para a saúde que você deveria incluir no cardápio diário.

A rúcula é o tipo de vegetal que ou você gosta ou detesta, pois ela tem sabor forte, um tanto amargo. Seu nome científico é Eruca sativa, ela é da mesma família da mostarda e sua origem é do Mediterrâneo e da Ásia Ocidental, mas é muito apreciada também na América, na Europa e na África. Conheça os benefícios dessa verdura para a saúde e como incluí-la no cardápio.

Benefícios para a saúde

Como a rúcula é um vegetal crucífero, que faz parte do grupo dos verde-escuros, ela fornece doses extras de nutrientes e também contribui com uma melhor absorção de nutrientes de outros alimentos. Veja o que mais ela faz pela saúde.

1. Redução do risco de câncer
Não é somente o poder antioxidante da rúcula que faz com que ela seja amiga da saúde na prevenção do câncer. Também porque ela contém sulforafano, que é o componente que confere o sabor amargo a esse vegetal. Esse componente inibe um tipo de enzima que atua na multiplicação de células cancerígenas e cancerosas pelo corpo todo.

2. Fortalecimento do sistema imunológico
A rúcula contém uma boa quantidade de vitamina C que é muito importante para o fortalecimento do sistema imunológico e, assim, para ajudar a manter o corpo sempre pronto a combater micro-organismos invasores e causadores de doenças.

3. Melhora da visão
Você já deve ter ouvido falar que a vitamina A é muito importante para manter a saúde da visão e é verdade. Então, como esse vegetal também fornece vitamina A, atua como um protetor da visão, prevenindo contra doenças que degeneram as células dos olhos.

Leia Também:  Suco de pepino, limão e hortelã para perder peso

4. Prevenção da osteoporose
A osteoporose é uma doença que deixa os ossos fracos e frágeis, muito comum em pessoas com mais de 60 anos. A rúcula ajuda a prevenir essa doença porque contém vitamina K que aumenta a absorção de cálcio no organismo, mineral essencial na formação óssea. Além, também, de conter o próprio cálcio.

5. Melhora da oxigenação muscular
Além de reforçar a densidade óssea, esse vegetal também atua na melhora da oxigenação dos músculos durante a atividade física porque contém nitrato. Ajuda também as pessoas com problemas cardiorrespiratórios.


6. Contribui com a formação do feto
Um dos nutrientes essenciais para a formação do tubo neural dos fetos durante a gestação é o ácido fólico, também chamado de vitamina B9. A rúcula contém essa vitamina, então é um ótimo vegetal para as mães comerem durante toda a gestação.

7. Contribui com a perda de peso
Pode incluir esse vegetal livremente na sua nova rotina alimentar para emagrecer, pois além de ser altamente nutritivo, é rico em fibras e tem baixíssimas calorias. Só irá trazer benefícios para o emagrecimento.

Propriedades nutricionais
Em uma porção de 100 gramas de rúcula crua você consome, de acordo com a Tabela Brasileira de Composição de Alimentos (Taco):

Valor energético: 13 kcal;
Carboidratos: 2,2 gramas;
Proteínas: 1,8 grama;
Fibras: 1,7 grama;
Cálcio: 117 microgramas;
Fósforo: 25 microgramas;
Magnésio: 18 gramas;
Potássio: 233 microgramas;
Sódio: 9 microgramas.

Contraindicações e cuidados a ter
Pode consumir a rúcula tranquilamente e oferecer esse vegetal para toda a família, exceto se houver alguma orientação médica para não fazê-lo. Mas de modo geral, não há contraindicações.

Como consumir
A forma mais comum de consumo da rúcula é crua mesmo, como salada, misturada com outros vegetais e vários temperos, como você vai ver na sugestão do próximo tópico. Mas nada impede que seja preparada com pratos quentes, assim como se faz com os espinafres. Ela pode compor molhos, pratos de forno, risotos, molho pesto para macarronadas, sopas e onde mais você achar que vai combinar. Até mesmo nas várias receitas de suco verde esse vegetal pode entrar.

Leia Também:  Aliviar a tosse com catarro usando 5 plantas medicinaisa

Receita de salada de rúcula
Essa salada é muito simples de fazer, nutritiva, fresca, deliciosa e combina com qualquer prato que vá servir no almoço ou no jantar.

Ingredientes

Queijo muçarela de búfala: 1 pedaço a gosto;
Tomate-cereja: 8 unidades;
Rúcula: 4 xícaras (chá);
Azeitonas pretas: a gosto;
Azeite de oliva: a gosto;
Suco de limão: 1 unidade;
Sal rosa: a gosto;
Manjericão: a gosto.

Modo de preparo

Lave bem os vegetais;
Coloque em uma tigela a rúcula, os tomates cortados ao meio, a muçarela em pedaços, as azeitonas e o manjericão;
Tempere com sal rosa, que é mais saudável, também com azeite, suco de limão espremido na hora e misture muito bem. Está pronta para servir.

Comentários no Facebook