Aprenda a preparar água de magnésio para controlar a ansiedade e o peso corporal

Ainda que o cloreto de magnésio tenha muitos benefícios médicos, é mais conhecido por nos ajudar a perder peso e depurar as toxinas do organismo sem pôr nossa saúde em risco.

Quer saber mais sobre a água de magnésio? Primeiramente falaremos sobre o cloreto de magnésio, um sal solúvel em água com um gosto entre salgado e amargo.

É ideal tomá-lo para recuperar o equilíbrio perdido entre o sódio e o potássio (em nossa alimentação atual, o sódio é abundante, porém, há um déficit de potássio).

Além disso, ele oferece importantes benefícios para manter nossa boa saúde.

Porém, também pode haver algumas contraindicações que é preciso conhecer. Dessa forma, os possíveis efeitos colaterais serão evitados.

Para que serve o cloreto de magnésio?

O cloreto de magnésio é composto por cloro e magnésio.

É preciso considerar que, do total de magnésio que está em nosso corpo, quase 60% está nos ossos e 26% nos músculos.
O resto do magnésio estaria nos tecidos moles e em líquidos corporais.
Uma das funções mais importantes do magnésio é eliminar o cálcio que se acumula em algumas partes do corpo e levá-lo aos ossos.

O magnésio nos ajuda a fortalecer os ossos e as articulações. Assim, elimina o cálcio que se acumula em algumas regiões de nosso corpo e o leva aos ossos. Por isso, o magnésio serve para descalcificar a membrana das articulações. É um remédio eficaz contra a esclerose calcificada. Além disso, purifica o sangue e ajuda a evitar infartos.
Reanima os órgãos das funções vitais em nosso organismo (principalmente as glândulas). Por exemplo, ativa os rins para eliminar o ácido úrico.
Com o magnésio é possível reduzir a exaustão intelectual, minimizar a atrofia muscular e corrigir o desequilíbrio mineral em nosso corpo.
Os princípios ativos do magnésio aliviam a fadiga e previnem problemas de próstata.
Outro efeito positivo deste mineral é o de ser um excelente tranquilizante natural. Nos ajuda a manter o equilíbrio energético nos neurônios e age sobre a transmissão nervosa.
A partir dos 40 anos o magnésio é um mineral imprescindível. É que o nosso corpo absorve uma menor quantidade de alimento e o déficit de nutrientes pode derivar em várias doenças, além de envelhecimento.
Como o magnésio se concentra principalmente no coração, no fígado, no cérebro e nos rins, sua carência pode originar diferentes doenças.
O magnésio ajuda a prevenir diferentes doenças

Leia Também:  8 exercícios para melhorar a memória e deixar o cérebro afiado

Alguns exemplos de doenças que podem ser evitadas com o cloreto de magnésio são:

Segundo algumas pesquisas, seu consumo diário poderia prevenir o câncer colorretal.
Com seu consumo, pode-se evitar desenvolver problemas de próstata.
O magnésio previne a diabetes e melhora a qualidade de vida de quem a sofre.
Um consumo habitual de magnésio pode prevenir doenças cardiovasculares.
Como indicamos antes, ao evitar que o ácido úrico vá se depositando nas articulações, o magnésio previne a artrite.
É um princípio ativo muito eficaz para prevenir problemas digestivos e descontroles intestinais.
Outras patologias que podem melhorar graças ao consumo de magnésio são:

Alzheimer
Asma
Arritmia
Fadiga
Hipertensão
Estresse

Como incluir o cloreto de magnésio em minha dieta para perder peso?

Uma boa maneira de ingeri-lo é por meio da água de magnésio. Confira a receita e a forma de consumi-la abaixo:

Ingredientes
1 copo de água (200 ml)
1 colher de sopa de cloreto de magnésio (10 g)
O suco de meio limão
1 colher de chá de mel (7,5 g)
Gelo (opcional)
Preparo
Adicione uma colher de sopa de cloreto de magnésio em um copo de água e misture até que dissolva.
A seguir, adicione o suco de limão, a colher de chá de mel e, se desejar, uns cubinhos de gelo.
Quando devo tomar?
Deveríamos consumir este remédio caseiro 4 vezes por semana em um período de dois meses.
Por ser um suplemento de dieta, é preciso usá-lo bem para obter os benefícios do magnésio sem pôr a saúde em risco.
Com o objetivo de evitar os efeitos adversos do magnésio, o recomendável é tomar este remédio depois do café da manhã.
Algumas advertências sobre a água de magnésio
Não devemos confundir o cloreto de magnésio com o cloreto de sódio (este último é o sal comum).
Um excesso de cloreto de magnésio na dieta pode causar complicações. Ao agir como laxante, pode interromper a absorção de nutrientes.

Leia Também:  Seu fogão ficará muito mais brilhoso se você lavá-lo com sabonete: veja como é a técnica

Comentários no Facebook